GSM Sistemas

Login Cliente




A crise e o 19º Congresso Nacional da Unidas em outubro de 2016, em Recife

GSM e GSMi apoiam evento da Unidas Nacional.

O ano de 2016 foi particularmente difícil às autogestões. Além do persistente crescimento dos custos assistenciais, o país encontra-se em recessão e tenta superar uma crise politica e ética. São quase  sete (7)  semestres consecutivos de recessão. Uma divida pública reconhecida de 100 bilhões de dólares até 2017. Nosso setor depende de duas variáveis macroeconômicas fundamentais: – o nível de emprego e o aumento da renda das famílias. Devemos chegar ao final de 2016 com quase 14 milhões de brasileiros desempregados, com mais de 30% de ociosidade na indústria e com queda no valor do salário real. Neste ambiente de escassez geral e de baixos investimentos, um dos segmentos que mais sofre é o das operadoras de planos de saúde.

Os fornecedores deste seguimento com maior poder econômico, como os de materiais e  medicamentos, conseguem impor reajustes reais de preços, mesmos em ambientes recessivos, o que agrava ainda mais esta situação. Esta conta acaba sendo arcada pelos beneficiários e pelas patrocinadoras. O resultado deste conjunto de fatores negativos aparece nos orçamentos das autogestões, com o crescimento da sinistralidade e estouro de seus orçamentos.

Portanto, o Congresso Nacional da Unidas, nos dias 2223 e 24 de outubro, em Recife, se bem aproveitado, poderá ser uma oportunidade para os diretores, gestores e participantes, discutirem as medidas e ações urgentes para enfrentarem esta crise.

O grupo GSM entende e compartilha com seus clientes sua contribuição em tecnologia e em serviços especializados, que possam apoiar as nossas e as demais operadoras interessadas, neste enfrentamento da crise.